Assuntos mundiais provam que ‘o Senhor voltará em breve’, diz emissora cristã

Compartilhe

Christine Darg, do Canal de Jerusalém, lançou um vídeo de meia hora no qual mostra como, na sua opinião, os eventos atuais provam a validade das idéias evangélicas sobre o fim dos tempos.

“O Senhor está prestes a voltar”, anunciou a apresentadora do Canal de Jerusalém, Christine Darg, em um vídeo divulgado no Facebook, prevendo que os assuntos mundiais atuais envolvendo Israel, Rússia, Turquia e EUA sinalizam o cumprimento de idéias cristãs evangélicas sobre o fim dos tempos.Enquanto discutia a guerra épica entre Gogue e Magogue, escrita no livro de Ezequiel, Darg argumentou que a Rússia de hoje é o mítico Gogue, o poderoso inimigo que tentará rivalizar com a vontade de Deus e destruir o povo de Israel.

Darg disse que não apenas a guerra entre Gogue e Magogue está próxima, mas que traria a “tradução para o céu da igreja” – significando o arrebatamento, o evento de mergulho que levará cristãos devotos da Terra a poupar-lhes o horror de o fim dos tempos.Observando com pesar que alguns cristãos evangélicos estão se afastando dessa visão da política apocalíptica, ela mencionou o falecido Billy Graham como um exemplo de pregador que nunca vacilou em seu apoio declarado ao povo de Israel e na compreensão concreta da história humana. como uma expressão da vontade de Deus.Darg e seu marido Peter estão cobrindo Israel desde que visitaram o país pela primeira vez em 1975 e foram selecionados pela Christian Broadcasting Network (CBN) para abrir um escritório em Jerusalém em 1978.O resultado, Exploits Ministry, opera o Canal de Jerusalém, bem como a TV Revelação.

Os militares israelenses atingiram postos militares do Hamas na noite de sexta-feira, depois que dois foguetes foram disparados em direção ao sul de Israel, apenas alguns dias depois que o Hamas alertou contra as intenções de Jerusalém de anexar partes da Cisjordânia e Vale do Jordão.A Unidade de Porta-vozes da IDF confirmou que os dois foguetes foram lançados contra o território israelense e, de acordo com Adi Me’eri, porta-voz do conselho regional de Shaare HaNegev, um foguete caiu em território aberto, sem causar danos ou feridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *