Coreia do Norte faz reunião militar em grande escala para debater ‘ameaças potenciais’

Compartilhe

O líder norte-coreano Kim Jong-un realizou uma reunião alargada da Comissão Militar Central para discutir medidas de “dissuasão”.

De acordo com a agência de notícias norte-coreana KCNA, citada pela Bloomberg, a reunião ocorreu neste sábado (18), seguida por uma sessão a portas fechadas destinada a discutir objetivos estratégicos e prontidão para mobilizar tropas perante a complexa situação na península coreana.

Foram discutidas questões importantes relacionadas ao “reforço da dissuasão militar do país“, além de abordar uma “potencial ameaça militar”.

A reunião contou com a participação do vice-presidente da Comissão Militar Central, Ri Pyong Chol, e abordou também questões relacionadas à produção militar. Kim Jon-un assinou diversos despachos após a reunião.

Recentemente, o líder norte-coreano realizou uma reunião preliminar da Comissão Militar Central, na qual decidiu adiar o plano de operações militares contra a Coreia do Sul apresentado pelo Estado-Maior.

As tensões na região aumentaram depois que a Coreia do Norte interrompeu as comunicações com seu vizinho do Sul, explodindo o escritório de comunicação conjunto na cidade fronteiriça de Kaesong, no dia 16 de junho, em reposta à campanha de alguns grupos na Coreia do Sul que enviaram folhetos em balões através da fronteira criticando as políticas do líder norte-coreano.

Além disso, o Estado-Maior norte-coreano afirmou na ocasião que estava planejando enviar tropas para Kaesong e para a zona turística conjunta do Monte Kumgang, na costa leste, bem como restaurar os postos de guarda na zona desmilitarizada, que haviam sido removidos após a cúpula intercoreana em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *