Dodi dribla timidez, ganha espaço no Fluminense e fala de conversas para renovar

Compartilhe

Titular do Fluminense na reta final do Campeonato Carioca, Dodi contornou a timidez fora dos campos para ser um dos destaques do time de Odair Hellmann ao mostrar personalidade nos jogos contra o Flamengo. Escolhido para a entrevista coletiva desta terça-feira, realizada através de videoconferência, o volante de 24 anos mostrou o lado “na dele” nas respostas curtas e contou que trabalhou esta questão para ajudá-lo em campo:

Sou um cara mais na minha, mais tranquilo. Não sou muito de me expressar muito. Mas trabalhei também esse meu lado e quero dar sequência para fazer grandes jogos e ajudar o Fluminense.

Dodi chegou ao Fluminense em abril de 2018 por empréstimo junto ao Criciúma. Após o fim de seu contrato com o clube catarinense, ele assinou em definitivo com o Tricolor no começo de 2019. Com o vínculo se encerrando no fim deste ano, o volante disse que seus empresários já estão negociando uma renovação com o clube:

– Meus empresários estão negociando com o Fluminense. É um lugar onde me sinto muito à vontade, me sinto muito feliz e espero que dê tudo certo. Como eu falei, é um lugar em que eu me sinto muito bem.

Dodi, em Fluminense x Flamengo pela final do Campeonato Carioca

Após conquistar a vaga de titular na equipe do Flu, Dodi fez elogios ao trabalho do técnico Odair Hellmann.

– O professor tem me dado muita confiança. Desde a pré-temporada conversou comigo, falou que ia me ajudar. Estou muito feliz com o que ele vem fazendo, com o trabalho em geral. Só quero ajudar, ajudar a ele também por ter essa confiança em mim, e trabalhar para retribuir da melhor forma, porque é o Fluminense quem ganha.

Após o vice-campeonato carioca, o Fluminense fará dois amistosos com o Botafogo como preparação para o Campeonato Brasileiro. O primeiro será neste sábado, dia 25 de julho, às 17h, no Nilton Santos. O segundo será no sábado seguinte, dia 1º de agosto, nos mesmos horário e local.

– Esses amistosos vão servir muito para a equipe fazer um grande trabalho porque esse tempo para treinar vai ser muito importante. E, claro, fazendo um amistoso contra uma grande equipe, com time de qualidade, a equipe só tem a ganhar. Então, é trabalhar forte para gente chegar no Brasileiro muito bem.

ANIVERSÁRIO DE 118 ANOS DO FLU
Para mim, é um prazer enorme estar vestindo a camisa de um grande clube. Estou muito feliz aqui. E espero honrar o meu contrato da melhor forma. E é um lugar que estou muito feliz – disse.

ODAIR HELLMANN
O Papito é um excelente treinador, dá confiança para o grupo, está fazendo um grande trabalho. Só tem a agregar aqui no Fluminense, assim como todo mundo quer ajudar. Assimilamos bem o que o professor passou. O grupo está unido. O Odair pode contar comigo se precisar porque eu vou estar trabalhando ao máximo, vou me dedicar para quando as oportunidades aparecerem, eu poder usufruir delas da melhor forma.

CRÍTICAS DE PARTE DA TORCIDA AO TREINADOR
As críticas ao professor… Acho que são mais por a gente não ter sido campeão. Mas estou muito orgulhoso pelo trabalho que a equipe fez. E tenho certeza que a gente vai melhorar ainda mais para chegar no Brasileiro em alto nível.

FLU APÓS A VOLTA – COMEÇO RUIM X BONS JOGOS CONTRA FLA
Não dando desculpa, mas a equipe teve pouco tempo para trabalhar nessa volta do Carioca. Mas agora com essa sequência de semanas para gente trabalhar, acho que vamos conseguir acertar os detalhes… A parte ofensiva também… Para chegar bem no Brasileiro e fazer um grande trabalho.

ESQUEMA COM TRÊS VOLANTES
Não posso te falar, porque isso quem decide é o professor. Mas estamos trabalhando desde ontem já. Trabalhamos a parte ofensiva, vamos trabalhar bastante também a defensiva. Para que, o esquema que o professor usar, a equipe estar encaixada, para fazermos um grande Brasileirão.

LIÇÕES DO CAMPEONATO CARIOCA
Acho que serviu muito para a equipe. Claro que a gente queria ser campeão, fizemos o máximo, mas estou muito orgulhoso do trabalho que a equipe fez, batalhou, fez o que pode. Agora é trabalhar forte essas semanas antes do Brasileiro para fazer um grande trabalho.

MELHOR MOMENTO DA CARREIRA?
Desde que cheguei ao Fluminense, eu venho trabalhando ao máximo. Claro que tiveram momentos em que eu não estava muito bem. Agora estou bem adaptado. Estou trabalhando firme desde que cheguei para ter esse meu momento e estou muito feliz. Com certeza, pela parte individual, é o meu melhor momento aqui no Fluminense e eu vou trabalhar ao máximo para dar sequência. Eu quero ajudar demais o Fluminense. Quando o professor optar por mim, eu quero estar preparado para fazer grandes jogos.

NENÊ
É um ídolo. É um prazer jogar com ele. É um amigo, me dá muita confiança, conversa. Estou muito feliz em tê-lo do meu lado. Só tenho a ganhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *