Da melhor campanha à eliminação: os cenários do Inter para a última rodada do Gauchão

Compartilhe

Colorado lidera o Grupo A com oito pontos, um a mais que Novo Hamburgo e Juventude, segundo e terceiro colocados, respectivamente

Última rodada do segundo turno do Gauchão, vagas abertas, indefinições… E o torcedor já mergulha em cálculos para saber as chances de seu time. Colorados, acalmem-se! O ge facilita a vida de vocês. Mas também faz um aviso: a matemática mostra que o Inter pode ir do oito ao 80 ao final da rodada.

A equipe de Eduardo Coudet pode tanto encerrar o segundo turno com a melhor campanha geral, quanto amargar uma eliminação precoce no duelo com o Aimoré, na quarta-feira, às 15h, no CT Morada dos Quero-Queros, em Alvorada.

O Inter lidera o Grupo A com oito pontos, mas viu o que era uma vantagem confortável antes da parada praticamente desaparecer. O Novo Hamburgo aparece em segundo com os mesmos sete pontos do Juventude, terceiro colocado, graças ao saldo de gols.

Se o Noia vencer o Grêmio, e o Juventude bater o Esportivo, ambos vão a 10 pontos na tabela. E obrigam o Inter a superar o Aimoré para evitar o que seria a eliminação e o consequente adeus precoce ao título estadual. Todos os jogos ocorrerão simultaneamente às 15h de quarta.

Paradoxalmente, o Inter também depende do Novo Hamburgo para assegurar a melhor campanha geral do Gauchão – que não leva em conta os jogos de mata-mata. Atualmente, o Grêmio está na ponta, com 22 pontos. Tem um a mais que o Colorado, vice-líder, com 21.

Confira os cenários:

Melhor campanha geral: vitória sobre o Aimoré e ao menos um empate do Novo Hamburgo contra o Grêmio;

1º no Grupo A: vitória sobre o Aimoré. Em caso de empate e até de derrota, será preciso torcer para que Novo Hamburgo e Juventude não vençam seus jogos. O Ju enfrenta o Esportivo;

Eliminação: derrota ou empate com o Aimoré, e vitória de Novo Hamburgo e Juventude sobre Grêmio e Esportivo, respectivamente.

Para ultrapassar o maior rival, o Inter torce ao menos por um empate do Novo Hamburgo no Estádio do Vale – resultado que também lhe garante a vaga na semifinal do turno. A equipe teria, claro, de vencer o Aimoré.

Mas a campanha geral só tem efeito prático caso o Inter conquiste o segundo turno e chegue à finalíssima do Gauchão contra o Caxias, campeão do primeiro turno. O dono da melhor campanha decide em casa o título, disputado em dois jogos.

Torcer por uma vitória do Novo Hamburgo também pode ter um efeito mais imediato aos colorados: decidir o segundo turno como mandante em caso de Gre-Nal na final. Para isso, o Inter teria de vencer o Aimoré e o seu adversário na semifinal. E o Grêmio teria de se classificar nos pênaltis.

Projeções à parte, o Inter é líder do Grupo A no segundo turno, com oito pontos. Tem um a mais que Novo Hamburgo e Juventude, segundo e terceiro colocados, respectivamente. O Colorado enfrenta o Aimoré no CT Morada dos Quero-Queros, em Alvorada, às 15h de quarta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *