PF cumpre três mandados em desdobramento da Lava Jato no RJ

Compartilhe

Agentes fazem busca e apreensão em um endereço na capitalfluminense e em dois locais no município de Paraíba do Sul, na Região Serranado Estado

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (30) três mandados de busca e apreensão em endereços na capital fluminense e no município de Paraíba do Sul, na Região Serrana. As ações são um desdobramento da operação Ponto Final, da Lava Jato.

De acordo com a Polícia Federal, um dos investigados da ação mantém conta ativa em uma instituição financeira na Holanda. Ainda segundo os investigadores, os valores presentes nesta conta foram obtidos a partir de propina obtida no setor de transportes públicos do Rio de Janeiro.

Em nota, a PF declarou mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Não há informações sobre prisões durante a ação.

Operação Ponto Final

A Operação Ponto Final foi deflagrada em junho de 2017 e revelou que o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral havia recebido R$ 122,8 milhões em propinas de empresas de ônibus entre 2010 e 2016. Ainda segundo as investigações, o esquema teria gerado cerca de R$ 260 milhões a políticos e agentes públicos.

Leilão vende por R$ 4,6 mi pedras preciosas e barras de ouro de Cabral

Outros nomes também ficaram conhecidos após serem presos nesta operação, como Jacob Barata, conhecido como rei do ônibus do RJ, o presidente da Fetranspor na época, Lélis Teixeira, e o ex-presidente do Detro Rogério Onfre, que seria responsável por fiscalizar o setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *