Projeto amplia a fiscalização de locais que atendem idosos na pandemia

Compartilhe

Mato Grosso do Sul. A intenção é verificar se estão realizando procedimentos preventivos contra doença, já que este público faz parte do grupo de risco.

“A covid-19 é agressivo contra os idosos e tem como principal característica a rápida proliferação em lugares de grande concentração de pessoas. É urgente a necessidade de se adotar medidas efetivas que garantam higiene, limpeza e conforto dos locais”, disse o autor da proposta, o deputado Marçal Filho (PSDB).

A proposta prevê uma intensificação nas fiscalizações de rotina, principalmente nos locais em que os idosos ficam por longa permanência. Nesta avaliação serão definidos critérios mínimos para o local funcionar, entre eles o monitoramento da saúde dos residentes.

Entre as ações está a medicação, vacinação específica e alimentação apropriada. “Com este agravamento (pandemia) é urgente que sejam realizados debates sérios para o cumprimento das obrigações como determina o Estatuto do Idoso”, justifica o autor.

Após o retorno do recesso parlamentar, o projeto vai seguir para as comissões da Assembleia, para depois ser votado em plenário pelos deputados. Caso seja aprovado, ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *