Qual é a situação de Rai, o homem mais forte do São paulo

Compartilhe

Nas últimas semanas, Fernando Diniz esteve ameaçado de perder o seu cargo no São Paulo. A garantia de que o treinador permaneceria à frente do time veio pelo executivo do clube, Raí. Mas e qual é a situação do homem forte do futebol tricolor? O UOL Esporte apurou que, apesar da pressão interna, dificilmente o dirigente vai deixar o Morumbi até o fim da gestão de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco — que termina em dezembro.

Leco chegou a ser questionado no ano passado sobre o desempenho do ex-jogador à frente do departamento. Na época, ele chegou a cogitar a troca de comando. Porém, acabou decidindo renovar o contrato com o campeão mundial de 1992 até o fim de 2020. Desde o fim de 2017 na função, Raí não conquistou um título, mas foi elogiado por algumas ações, como a contratação de Daniel Alves, e questionado por outras, como as chegadas de Tréllez e Everton Felipe, por R$ 6 milhões cada.

Agora, além de o dirigente estar bem adaptado com o dia a dia do futebol no CT da Barra Funda, outros pontos pensam a favor da permanência de Raí até o fim deste ano. Raí é ídolo e um dos maiores jogadores da história do Tricolor.

Leco não vai querer que o clube enfrente o desgaste da saída de mais um astro — a demissão do técnico Rogério Ceni, em 2017, deixou feridas até hoje. A troca também teria de ser feita no meio da temporada e seria necessário encontrar alguém no mercado da bola para exercer tal função.

Raí, porém, dificilmente deve permanecer no clube em 2021, mesmo com o Brasileirão ainda em curso. Segundo a apuração da reportagem, os dois candidatos à presidência do clube, Júlio Casares e Roberto Natel, têm a intenção de reformular a estrutura do departamento.

Vale destacar ainda que o contrato de Raí com o São Paulo é válido até o fim do ano e o Brasileirão terá ainda cerca de 11 rodadas para serem disputadas em 2021 — com término previsto para fevereiro. Para que o vínculo fosse renovado, seria necessária a aprovação do Conselho de Ad

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *