Nuvem de gafanhotos avança pela Argentina e está perto da fronteira com o Brasil

Compartilhe

O avanço de uma nuvem de gafanhotos põe as autoridades argentinas em alerta. Segundo o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa), a região classificada como “perigo” fica na fronteira com o Brasil, muito próxima ao oeste do Rio Grande do Sul.

Boletim divulgado pelo Senasa aponta que a tendência é de que a nuvem, que teria surgido em maio, no Paraguai, avance para a província de Entre Ríos, mais ao sul do país. Mesmo assim, o governo já tem um plano de ação caso seja necessário intervir.

De acordo com informações do governo de Córdoba, que está na área chamada de “precaução”, em um quilômetro quadrado pode haver cerca de 40 milhões de insetos, que são capazes de comer o que 2 mil vacas consomem em um dia. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *