Mario Frias, novo secretário de Cultura, foge de audiência na Câmara e Frota expõe conversas no WhatsApp

Compartilhe

O novo secretário especial de Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias, faltou à uma audiência na Câmara dos Deputados, na manhã desta terça-feira (30), que ele havia confirmado presença.

A presença de Frias na audiência, que serviria para que o ex-galã falasse sobre suas propostas para a Cultura, seria realizada por videoconferência, e os deputados que estavam presentes ficaram esperando o secretário aparecer por quase uma hora e meia – e ele não deu as caras.‌‌‌

“Me parece que começa muito mal a sua gestão à frente da secretaria na medida em que não comparece. É um desrespeito. Ele não está aqui reunido conosco como estava acertado”, afirmou o deputado Bira do Pindaré (PSB-MA), que foi endossado em sua crítica por outros parlamentares.

Em nota, a secretaria de Cultura informou que Frias não compareceu à audiência por “incompatibilidade de agenda”, mesmo diante do fato de que o secretário não tinha nenhum compromisso marcado em sua agenda oficial.‌

O deputado que mais se revoltou com a ausência de Frias é Alexandre Frota (PSDB-SP), autor do requerimento para a realização da audiência. “Incrível o Secretário Nacional de Cultura foi convidado pela @camaradeputados para participar da reunião remota com a comissão de Cultura, autorizada pelo @RodrigoMaia, o Sec.c onfirmou e sumiu”, tuitou Frota.‌

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *