incêndio atinge navios em porto no sul do Irã, segundo mídia

Compartilhe

Um incêndio de grandes proporções foi registrado no porto de Bushehr nesta quarta-feira (15), conforme a Reuters.

O incêndio atingiu diversos navios. Entretanto, a agência IRNA, citada pela Reuters, informa que ao menos três navios ficaram em chamas, enquanto a Tasnim afirma que sete navios foram atingidos.

As equipes de emergência da província de Bushehr informaram que não há vítimas em decorrência do incêndio.

O chefe da organização local de gerenciamento de crises disse à agência de notícias Irna que o incêndio havia sido contido e que não houve vítimas.

​Irã afirma que ao menos sete navios ficaram em chamas após um grande incêndio no porto de Bushehr, no sul do Irã. A causa do incêndio é desconhecida.

Até o momento, as causas do incêndio, bem como a dimensão dos danos, ainda são desconhecidas.

Uma série de incêndios e explosões têm ocorrido em instalações industriais e militares iranianas desde o final de junho.

Além disso, no dia 2 de julho, houve uma explosão no complexo nuclear de Natanz, principal instalação de processamento de urânio do país.

Na segunda-feira, houve um incêndio em uma zona industrial perto da cidade de Mashhad, no nordeste. As autoridades disseram que seis tanques de armazenamento de gás pegaram fogo e o outro explodiu.

No dia anterior, houve um incêndio em uma instalação petroquímica na área de Mahshahr, sudoeste do país, que foi atribuída a um vazamento de óleo.

E no sábado, vários cilindros de gás explodiram dentro do porão de um prédio de apartamentos em Teerã, informou o Corpo de Bombeiros da capital.

Autoridades iranianas disseram que estão investigando se a sabotagem de potências estrangeiras ou grupos de oposição domésticos pode ter sido a causa de explosões anteriores na usina de enriquecimento de urânio Natanz em 2 de julho e na unidade de produção de mísseis Khojir em 26 de junho.

Em 2010, um vírus de computador que se acredita ter sido desenvolvido pelos Estados Unidos e Israel foi usado para atacar máquinas em Natanz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *