Enfermeira é aclamada heroína após retirar três bebês de um hospital atingido pela explosão de Beirute

Compartilhe

Uma enfermeira tirou três bebês de um hospital atingido pela explosão maciça de Beirute na terça-feira, disse à CNN um fotógrafo que tirou a foto.

O fotojornalista Bilal Jawich disse que estava em casa nos arredores de Beirute quando a explosão, que deixou pelo menos 100 mortos e milhares de feridos, abalou a capital libanesa.

“Segui a fumaça até chegar ao porto de Beirute”, disse ele, explicando que a “intuição profissional” o levou ao hospital Al Roum, no distrito de Ashrafieh. A área foi devastada pela explosão.O que ele viu foi notável. “Fiquei surpreso quando vi a enfermeira segurando três recém-nascidos”, disse Jawich à CNN em árabe. “Percebi a calma da enfermeira, que contrastava com a atmosfera circundante a apenas um metro de distância.” Várias pessoas mortas e feridas estavam por perto, disse ele.

“No entanto, a enfermeira parecia ter uma força oculta que lhe dava autocontrole e a capacidade de salvar aquelas crianças”, disse Jawich. “As pessoas se destacam em meio a essas circunstâncias violentas, sombrias e más, e essa enfermeira estava à altura da tarefa.”

Jawich disse que a enfermeira disse a ele mais tarde naquela noite que ela estava na maternidade quando a explosão ocorreu. Ela disse que ficou inconsciente e, quando chegou, “se viu carregando esses três filhos”, ele disse à CNN em árabe.

Nem todo mundo no hospital teve tanta sorte. George Saad, gerente de preparação para emergências e desastres do hospital, disse à CNN que cerca de 12 pacientes, dois visitantes e quatro enfermeiras morreram no incidente de ontem, enquanto dois permanecem em estado crítico. Cerca de 80% do hospital foi danificado, além de 50% de seus equipamentos, disse ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *