Atlético MG vence o Ceará e mantém 100% de aproveitamento no Brasileiro

Compartilhe

Centroavante marcou duas vezes e garantiu triunfo no Gigante da Pampulha

Atlético teve muitas dificuldades, mas conseguiu manter o 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro. Na manhã deste domingo, o dono do jogo foi o jovem atacante Marrony, de 21 anos. O camisa 38 marcou os dois gols da vitória por 2 a 0, sobre o Ceará, em duelo válido pela 3ª rodada da Série A

O jogo foi muito complicado para o Atlético, que esbarrou no forte sistema defensivo montado pelo time cearense. Em uma das raras oportunidades com a bola na área, Marrony foi derrubado pelo zagueiro Gabriel Lacerda. O próprio atacante foi para a cobrança do pênalti, deslocou Fernando Prass abriu o placar. No fim, em contra-ataque, o jovem arrancou entre os zagueiros e finalizou sem chances para o goleiro do Ceará.

O alvinegro lidera o Campeonato Brasileiro com 9 pontos. Internacional e Athletico-PR, que ainda jogam neste domingo, podem igualar a pontuação do Atlético. Já o Ceará segue com apenas 1 ponto conquistado.

O Atlético volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30. O Alvinegro visita o Botafogo no Engenhã, em duelo válido pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na quinta-feira, às 20h, o Ceará recebe o Vasco no Castelão.


O jogo

O técnico Jorge Sampaoli sempre surpreende nas escalações do Atlético. Para a partida deste domingo, Guilherme Arana ficou no banco de reservas. Mas o treinador optou por uma formação sem lateral-esquerdo. Allan ocupou a posição, mas apareceu algumas vezes por dentro para armar o time ao lado de Jair. 

O ritmo no primeiro tempo, até em função do calor no Mineirão, não foi muito intenso. As duas equipes não tiveram muito sucesso em suas propostas de jogo. O Atlético encontrou um adversário bem fechado e teve dificuldades para encontrar espaços. O Ceará, em raros contra-ataques, levou perigo ao gol de Rafael.

As ausências de Guilherme Arana e Nathan foram sentidas pelo Atlético no setor ofensivo. Os dois jogadores têm característica de entrar mais na área dos que os substitutos. O Galo sentiu falta disso. Mesmo assim, Hyoran foi quem mais levou perigo, com uma falta bem defendida por Fernando Prass e uma finalização de dentro da área. 

Para a etapa final, Sampaoli optou pela entrada de Arana na vaga de Jair. Pouco depois, foi a vez de Marquinhos entrar no lugar de Savarino. Com a mudança, Keno passou a jogar pelo lado direito do ataque. 

O ataque alvinegro não conseguia criar boas oportunidades. O Ceará, por sua vezlevava muito perigo nos contra-ataques.

Mas, num lance isolado, o Atlético abriu o placar. Alan Franco achou Marrony na entrada da área, e o atacante foi puxado pela camisa por Gabriel Lacerda. O árbitro marcou pênalti para o Galo. Na cobrança, o próprio Marrony deslocou Fernando Prass e marcou o primeiro gol do jogo: 1 a 0.

Depois do gol, Marrony ainda teve grande chance para ampliar o placar, mas Fernando Prass fez grande defesa cara a cara. No fim, o jogo ficou ‘maluco’. O Ceará teve chance clara de empatar, mas Cléber chutou fraco e Léo Sena tirou quase em cima da linha.

O Galo saiu em contra-ataque, Marquinhos fez lançamento perfeito para Marrony, que arrancou do meio-campo, deixou os zagueiros para trás e finalizou sem chances para Fernando Prass: 2 a 0 e mais uma vitória do Atlético no Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *