Divinópolis: Vereadores barram suspensão de contribuição previdenciária

Compartilhe

O prefeito de Divinópolis, Região Centro-Oeste de Minas, Galileu Machado (MDB), não conseguiu emplacar a suspensão das contribuições patronais previdenciárias. Após semanas de polêmica, a mensagem modificativa, prometida pelo Executivo para tentar alinhar a proposta às considerações dos conselhos fiscais e administrativos do instituto, o Diviprev, foi encaminhada. Porém, ela não foi suficiente para convencer os vereadores que votaram, nesta segunda-feira (17), contra a matéria em reunião extraordinária.

Sob forte pressão dos servidores e com três recomendações assinadas pelos conselheiros do Diviprev e sindicatos, o projeto foi derrubado por unanimidade.

A mensagem modificativa previa a suspensão do repasse das contribuições e respectiva taxa de administração vencidas a partir de 14 de maio. Também seria suspenso o pagamento dos parcelamentos das dívidas do município com o Diviprev, com vencimento a contar de 1º de agosto.

A justificativa do governo é o impacto da pandemia da COVID-19 nas contas do município. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *