Milhares de pessoas evacuadas enquanto enchentes ameaçam uma enorme barragem

Compartilhe

Chuvas fortes aumentaram o volume do rio Yangtze na China, ameaçando locais do Patrimônio Mundial da UNESCO e forçando autoridades a tranquilizar os cidadãos de que a maior hidrelétrica do mundo não está prestes a romper.

Barragem das Três Gargantas e o reservatório que ela contém registraram os maiores níveis de inundação desde que foi concluída em 2003, com um pico de influxo na quinta-feira em quase 99.000 jardas cúbicas de água por segundo durante nove horas. O curso superior do Yangtze foi inchado pelo que o Ministério dos Recursos Hídricos disse ter sido a pior enchente desde 1981.

Cerca de 100.000 pessoas em Sichuan, ao longo das margens do alto Yangtze, foram evacuadas esta semana quando a província ativou sua resposta de controle de inundação de nível mais alto pela primeira vez na história.

Embora a ameaça à barragem de 2,2 km fosse séria, a Three Gorges Corp disse que o reservatório se preparou para a inundação coordenando-se com outras barragens rio acima para diminuir o fluxo.  

CHINA-FLOOD
A água é liberada da barragem das Três Gargantas no rio Yangtze, em Yichang, província de Hubei, no centro da China, em 29 de junho de 2020.STR / AFP / GETTY

É a estação das monções em grande parte da Ásia, mas o total de chuvas este ano quebrou recordes em toda a China. Ainda assim, os especialistas parecem confiantes sobre a capacidade da Barragem das Três Gargantas de lidar com o dilúvio.

Zhang Boting, vice-secretário-geral da Sociedade Chinesa de Engenharia Hidrelétrica, disse que a precipitação deste ano pode exceder a de 1998, quando a China foi atingida por enchentes mortais, mas hoje em dia “somos melhores em controlá-la com o Projeto das Três Gargantas. “

Sem isso, a situação das enchentes neste ano seria pior do que em 1998″, disse ele à CBS News em entrevista por telefone. “A Barragem das Três Gargantas tem feito um ótimo trabalho. Devemos entender que controlar totalmente o fluxo de qualquer rio, incluindo o Rio Yangtze, está simplesmente além do domínio da engenharia.”

TOPSHOT-CHINA-WEATHER-FLOODS
Uma foto aérea tirada em 19 de agosto de 2020 mostra uma enchente na cidade de Chongqing, no sudoeste da China.STR / AFP / GETTY

Zhang responsabiliza os projetos de reservatórios inacabados rio acima pelas severas inundações em Sichuan e na área ao redor da cidade de Chongqing.

“Seria ideal se esses projetos pudessem ser concluídos em breve e, junto com eles, a Barragem das Três Gargantas funcionaria muito melhor para controlar as enchentes”, disse ele, acrescentando que provavelmente levará pelo menos uma década antes que isso aconteça.

“Não vai piorar a partir daqui”, disse ele.

Até agora, as enchentes deste ano foram responsáveis ​​por 219 mortes e pela evacuação de 4 milhões de pessoas, de acordo com dados divulgados na semana passada pelo Ministério de Gestão de Emergências (MEM).

As enchentes também forçaram o fechamento do Vale Jiuzhai, outro patrimônio mundial da UNESCO, famoso por seu cenário natural deslumbrante de lagos coloridos, florestas antigas e cachoeiras espetaculares.

A China alocou 460 milhões de yuans (cerca de US $ 66,5 milhões) para apoiar o controle de enchentes e ajuda humanitária em quatro regiões, disse o governo na quarta-feira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *