Dólar opera em queda com sinais de ascenção nas relações EUA-China

Compartilhe

dólar opera em queda nesta terça-feira (15), refletindo a melhora do ânimo global diante de sinais de progresso nas relações entre Estados Unidos e China, que se somavam ao otimismo sobre a busca de um tratamento para a Covid-19.

Às 10h12, a moeda era vendida a R$ 5,5846, em queda de 0,11%. Veja mais cotações.

Na segunda-feira, a moeda fechou em baixa de 0,30% a R$ 5,5907. Na parcial do mês, já subiu 7,16%, e no ano, tem alta de 39,43%.

O Banco Central faz neste pregão leilão de swap tradicional para rolagem de até 12 mil contratos com vencimento em março e julho de 2021.

Cenário

No exterior, o dia tem viés positivo depois que autoridades dos Estados Unidos e da China reafirmaram seu compromisso com a Fase 1 de seu acordo comercial, aumentando o otimismo do mercado em meio a sinais de progresso no desenvolvimento de tratamentos e vacinas para a Covid-19.

A promessa foi feita em um telefonema, o primeiro diálogo formal desde o início de maio entre os dois lados, e aconteceu em meio a preocupações crescentes sobre a possibilidade de as negociações estarem em terreno instável devido à piora nas relações entre os países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *