Grêmio passa aperto com o Caxias, mas é tricampeão estadual

Compartilhe

Grêmio confirmou neste domingo (30) o terceiro título seguido do Campeonato Gaúcho, mas gritar “É, campeão!” foi muito mais difícil do que imaginavam os torcedores, ausentes na Arena, em Porto Alegre, pelas novas regras de futebol sem público.

Mesmo fora de casa e pressionado pela derrota por 2 a 0 no primeiro jogo, o Caxias foi valente e venceu por 2 a 1, de virada, gols de Laércio e Bruninho. Diego Souza foi quem abriu o placar para o Grêmio.

Foi a primeira derrota do Tricolor em seis meses, depois de 16 jogos de invencibilidade, e o quarto revés na temporada. Curiosamente, o Caxias é responsável direto por três dessas derrotas (a outra foi para o Aimoré, no primeiro turno do estadual).

O início do jogo, aliás, enganou quem esperava uma final já decidida. Já com dois gols de vantagem, o Grêmio saiu na frente logo aos 15 minutos, em rebote bem aproveitado de Diego Souza após chute de Everton na trave.

Só que marcar o primeiro gol parece não ter feito bem ao time de Renato Gaúcho, que foi se definhando durante a partida a ponto de ser dominado pelo Caxias e terminar o duelo se defendendo para segurar a mínima vantagem na somatória dos confrontos.

A equipe da serra gaúcha empatou aos 41 do primeiro tempo, quando Laércio aproveitou falha de Geromel e Vanderlei, se antecipou ao goleiro e testou para o fundo das redes. A virada veio aos nove do segundo tempo, em chute cruzado de Bruninho que desviou em Kannemann e encobriu o goleiro gremista.

Em vantagem, o Caxias tentou se impor no campo de ataque e obrigou o Grêmio a jogar no contra-golpe. Renato Gaúcho usou o banco para tentar mudar a cara do time, mas não o suficiente para alterar o placar, que ficou em 2 a 1 apesar da emoção até o final. Laércio desperdiçou a última chance, ao chutar fraco no canto direito e ver Vanderlei praticar a defesa, aos 48 da etapa final.

Foi o 39º título gaúcho da história do Grêmio, que não conquistava três estaduais consecutivos desde 1987 (sequência que atingiu seis troféus, de 1985 a 1990). Também foi a sétima conquista de Renato Gaúcho, agora o treinador mais vezes campeão pelo Tricolor, ao lado de Luiz Felipe Scolari.

Agora, as duas equipes seguem suas temporadas com outros focos. O Grêmio volta a campo na próxima quinta-feira, novamente em Porto Alegre, mas contra o Sport, pela sequência do Campeonato Brasileiro. O Caxias vai jogar a Série D, com início marcado para meados de setembro.

One thought on “Grêmio passa aperto com o Caxias, mas é tricampeão estadual

  • 31 de agosto de 2020 em 06:15
    Permalink

    Muito competente reportagem,relatando nitidamente o que de fato aconteceu, e da forma que aconteceu, parabéns para a pessoa que comentou e detalhou de como foi que o título de campeão gaúcho 2020,veio parar na Arena Grêmio.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *