Um Homem relata sua experiência sobrenatural no Inferno e Céu

Compartilhe

Para Josh Miles, pegar uma gripe se transformou em uma experiência de mudança de vida. Ele estava com uma febre de 41 graus. Seu pai estava tão preocupado com o declínio de sua saúde que o levou ao pronto-socorro local, mas no caminho sua alma deixou seu corpo, disse ele a CBN que sua alma “foi direto para o inferno”

A tortura está em um nível que você não pode compreender”, Josh descreveu. “É uma coisa difícil com certeza, especialmente se você vai ficar lá pela eternidade.

Durante uma sessão de perguntas e respostas dos entrevistadores em Montgomery, AL, o rapaz de 25 anos disse que sua alma deixou seu corpo e imediatamente mergulhou no inferno. 

Você sente tanto calor e tanto tormento!  Você senti muita dor, tormento e arrependimento. Nada se compara ao inferno. O sentimento no inferno se equivale até 1000 vez o seu pior dia na Terra. Você deveria ter muito medo disso! É muito difícil respirar nesse lugar

As pessoas pensam que Deus manda as pessoas para o inferno, disse o rapaz. Nós escolhemos nosso caminho. Deus nos deu um livre arbítrio por uma razão, para que você possa escolher o seu destino.Deus é justo e as suas escolhas determinarão o destino final.

Ele deseja nos ver no céu. O Seu desejo é estar conosco para sempre. Ele espera pela Sua Noiva, mas temos que escolhê-Lo”, acrescentou Josh. 

“Há milhões de pessoas no Inferno”, disse ele. “São milhões e milhões e todos estão de pé em prateleiras de pedra. Todos estão gritando e em tormento e é uma loucura porque você também vê o sofrimento das pessoas, dói ainda mais.” 

Josh disse que se lembrava de tudo que fez na terra, até mesmo dos segredos que guardou. 

“E você realmente tem fome e sede de Deus porque sabe que não há mais chance, disse ele. “Você está implorando para Ele te buscar, mas você sabe que já é tarde demais, isso é muito doloroso … mas você não tem mais escolha.

Mas a história do jovem não termina aí. 

Seu pai, Willie Miles, que o estava levando ao hospital durante o encontro, disse que Deus o instruiu a orar em línguas e repreender o inimigo. 

O senhor Miles acredita que isso foi um dos motivos pelas quais as coisas começaram a mudar para seu filho. 

Veja, Josh ficou no inferno apenas por alguns minutos. Durante seu encontro, ele foi repentinamente transportado para o céu, onde ficou diante do trono de Deus”, disse ele.

Foi a coisa mais feliz que você pode honestamente pensar”, observou Josh. Tudo o que é positivo nesta terra é colocado em um dia e ainda assim não se compara ao céu. É um estado de felicidade. É uma sensação incrível … tudo em você está satisfeito.”  

Josh disse que a presença de Deus era mais poderosa do que você pode imaginar. 

A presença dele é forte aqui porque rezamos, impomos as mãos sobre as pessoas, mas estar perto da fonte disso, estar tão perto é um sentimento tão difícil de traduzir”, explicou. 

Quando questionado por que ele teve essa experiência, Josh disse que Deus quer enviar uma mensagem poderosa às pessoas. 

Acho que é para dar uma oportunidade para as pessoas. Tenho 25 anos. Sou um cara normal”, disse ele. Sim, o paraíso é uma coisa maravilhosa, mas o inferno também é algo para se levar a sério

“Você pode ir à igreja todos os dias e ainda assim ir para o Inferno. As pessoas têm que entender que é necessário ter uma vida santa”, continuou Josh. “Acho que essa experiência do Céu e do Inferno foi para mostrar por completo como realmente é a realidade e a sua importância de caminhar com Deus, acho que as pessoas não entendem que se você não escolher Deus, o seu destino é o Inferno.

Ele disse que embora tenha experimentado o céu por último, ainda assim foi uma honra. 

“Foi como se Deus estivesse dizendo ‘Eu vou te dar um vislumbre da minha Glória. A forma mais pura da minha Glória antes do seu retorno, explicou ele.  

Estou mais do que honrado por ter passado por essa experiência e poder compartilhar através do meu testemunho que as nossas escolhas em vida determinarão o nosso destino final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *