Mil pesssoas participam de protesto em Roma contra máscaras e vacinas

Compartilhe

Manifestantes levam faixas e cartazes contra a obrigatoriedade do uso de máscaras e de vacinação, e à favor da ‘liberdade’. Até o Papa Francisco é criticado: ‘Satã’.

Mil pessoas protestaram, neste sábado (5), no centro de Roma, capital da Itália, contra a obrigação de vacinar crianças em idade escolar ou usar máscara em meio à pandemia de coronavírus.

Manifestantes antimáscaras protestam também contra a obrigação da vacinação, em Roma — Foto: Vincenzo Pinto/AFP

“Não à obrigação de vacinar, sim à liberdade de escolha”, “não às máscaras nas escolas, não ao distanciamento”, “a liberdade pessoal é inviolável” e “viva a liberdade”, eram alguns dos slogans nos cartazes.

O chefe do governo italiano, Giuseppe Conte, havia expressado sua posição dias antes desta reunião de militantes antivacinas: “mais de 274.000 doentes e 35.000 mortos [pelo coronavírus]. Ponto final”.

Conte expressou sua esperança de que o outono não leve a um novo confinamento geral, mas apenas a “intervenções específicas” quando necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *