Incêndio em acampamento de imigrantes na Grécia deixa 13 mil desabrigados; vídeo

Compartilhe

Incêndios destruíram o maior acampamento de migrantes da Grécia, uma instalação superlotada na ilha de Lesbos, deixando quase 13.000 pessoas sem abrigo.Cerca de 20 bombeiros lutaram contra o incêndio no campo de Moria – projetado para menos de 3.000 pessoas – enquanto migrantes, muitos sofrendo de exposição à fumaça, fugiam.O ministro da migração da Grécia disse que os incêndios “começaram com os requerentes de asilo”, mas não deu mais detalhes.A polícia bloqueou as estradas do acampamento para evitar que os migrantes entrassem nas cidades vizinhas.Muitos tentaram carregar seus pertences para a cidade portuária de Mitilene, mas o acesso foi isolado. Relatórios sugerem que muitos dormiram nos campos após o incêndio.A comissária de assuntos internos da UE, Ylva Johansson, disse que concordou em financiar a transferência de 400 adolescentes e crianças desacompanhados para acomodações no continente.

O que aconteceu em Moria?

Os incêndios eclodiram em mais de três lugares em um curto espaço de tempo, disse o chefe dos bombeiros Konstantinos Theofilopoulos ao canal de televisão estatal ERT. Alguns migrantes protestando atrapalharam os bombeiros que tentaram combater as chamas, disse ele.O incêndio principal, que foi inicialmente alimentado por ventos fortes, foi apagado na manhã de quarta-feira, embora Theofilopoulos disse que ainda havia alguns pequenos incêndios queimando dentro de alguns contêineres no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *