Grêmio empata com o Fortaleza em jogo marcado de expulsões

Compartilhe

O Grêmio recebeu o Fortaleza na Arena e ficou no empate por 1 a 1, neste domingo, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Osvaldo abriu o placar para os visitantes, e Diego Souza, de pênalti, definiu a igualdade.

O gol dos gaúchos veio em uma cobrança que teve de ser repetida. Na primeira, Diego Souza parou no goleiro Felipe Alves e viu Luiz Fernando marcar no rebote. Porém, o lance foi invalidado por invasão.

Mais tarde, ainda haveria as expulsões de Gabriel Dias e Luiz Fernando, que discutiram rispidamente e viram o cartão vermelho direto.

Com o resultado, os dois times vão a 12 pontos, sendo que o Fortaleza fica uma posição à frente, no nono lugar, por ter maior número de vitórias (3 a 2). No entanto, o Grêmio tem um jogo a menos.

Para a partida deste domingo, Renato Gaúcho mandou uma formação titular, sem pensar em poupar para o confronto no Chile com a Universidad Católica de quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), pelo grupo E da Libertadores.

Além de não ter conseguido sua primeira sequência de duas vitórias no Brasileirão, o time gaúcho ainda se preocupa com um problema físico de Maicon, que deixou o duelo ainda no primeiro tempo.

Fortaleza na frente

Os visitantes abriram o placar aos 17min com Osvaldo, que cruzou da esquerda, viu ninguém desviar e a bola morrer no fundo do alvo. O atacante já tinha tido uma boa chance anteriormente, mas parou no goleiro Vanderlei. Os mandantes quase empataram aos 29min, mas Felipe Alves fez boa defesa em conclusão à queima-roupa de Alisson.

Empate gremista e expulsões

Pouco depois da volta do intervalo, o Grêmio conseguiu o empate com um pênalti marcado após empurrão de Quintero em Everton. Diego Souza parou em defesa de Felipe Alves na cobrança, e Luiz Fernando marcou no rebote, mas o lance foi invalidado por invasão. Na nova penalidade, Diego Souza converteu.

No decorrer da segunda etapa, o Fortaleza passou a ter maior posse de bola, mas só o Grêmio finalizava.

Aos 25min, os dois times ficaram com um jogador a menos, com as expulsões de Luiz Fernando e Gabriel Dias.

Depois disso, foram poucos lances de perigo, o que fez com que o 1 a 1 permanecesse até o apito final. Orejuela até marcou nos minutos finais, mas o impedimento foi assinlado no lance.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *