Acordo de paz no Oriente Médio, e as profecias do tempo do fim

Compartilhe

Todos os que tentaram criar uma paz duradoura entre Israel e seus vizinhos falharam; ainda assim, a Palavra de Deus diz que um homem parecerá ter sucesso.

O plano de paz deste homem começará a contagem regressiva final para o retorno de Yeshua HaMashiach (Jesus, o Messias).

Diante da urgência de fazer a paz no Oriente Médio, é vital entender o que o Profeta Daniel e Yeshua (Jesus) nos falaram sobre este plano de paz e os últimos dias, para que possamos reconhecer os tempos e alertar os outros também.

No nono capítulo do livro de Daniel, lemos que Daniel, que estava no exílio na Babilônia com o povo judeu, estava estudando o livro de Jeremias em busca de respostas.

Ao ler, ele entendeu que Jeremias predisse um período de 70 anos de cativeiro na Babilônia antes que ocorresse a restauração de Israel (Jeremias 29:10).

A resposta sincera e comovente de Daniel foi orar, confessando seu pecado e o pecado de toda a nação de Israel.

Enquanto ele orava, o anjo Gabriel veio até ele, contando-lhe um período de tempo adicional, desta vez de shevuim shevim (setenta setes) ou 490 anos . Este era o tempo que passaria antes que o pecado terminasse e a justiça eterna fosse estabelecida:

“ Setenta [ shevim ] ‘setes’ [ shevuim ] foram decretados para o seu povo e sua cidade santa para acabar com a transgressão, para pôr fim ao pecado, para expiar a iniqüidade, para trazer a justiça eterna, para selar a visão e profecia e para ungir o Lugar Santíssimo. ”  (Daniel 9:24)

Profecia do Tempo do Fim: O que são as “Setenta setes ”?

Shevuim (setes) é semelhante ao conceito de década (10 anos), mas se refere a um período de sete anos .

Setenta setes (70 X 7), portanto, representa um período de 490 anos antes que a profecia fosse cumprida.

Destes 490 anos, 483 foram cumpridos com notável precisão; eles representam o tempo entre o decreto do rei persa Artaxerxes de reconstruir Jerusalém (Neemias 2: 1-8) e o corte de Yeshua HaMashiach:

Desde o momento em que a palavra for enviada para restaurar e reconstruir Jerusalém até que o Ungido, o governante, venha, haverá sete [sheva] ‘setes’ [Shevuim] e sessenta e dois ‘setes’. Será reconstruída com ruas e uma trincheira, mas em tempos de dificuldade. Após os sessenta e dois ‘setes’, o Ungido [ Mashiach  / Messias] será morto e não terá nada.  (Daniel 9: 25-26)

 Muro das Lamentações - Seção feminina

Mulheres rezam na seção feminina (direita) do Muro das Lamentações Ocidental em Jerusalém

Do decreto de Artaxerxes (Esdras 7: 13-28) até a morte de Yeshua na estaca de execução romana foram 483 anos.

Muitos acreditam que isso deixa um período de sete anos que ainda não foi concluído e será cumprido nos últimos dias durante o período da Tribulação.

Daniel descreve aquele tempo em Daniel 9:27:

“Ele [o governante da época] confirmará um convênio [tratado de paz] com muitos por um ‘sete’. No meio do ‘sete’ ele acabará com o sacrifício e a oferta. E no templo ele levantará uma abominação que causa desolação. ”

Quando Yeshua foi questionado sobre Sua vinda e o fim dos tempos (Mateus 24: 3–15) , Ele se referiu ao versículo acima.

Daniel 9:27 , de acordo com a explicação do tempo do fim de Yeshua, confirma que haverá um terceiro Templo Judaico nos últimos dias e um pacto de paz de sete anos, que provavelmente será realizado pelo anti-Messias.

Assim como o profeta hebreu Daniel pesquisou as Escrituras em busca de pistas para entender a época em que ele viveu, também devemos pesquisar diligentemente as Escrituras.

Na verdade, quando examinamos os eventos atuais à luz das profecias bíblicas, não há dúvida de que estamos vivendo no final dos tempos.

Resta a necessidade de examinar os acontecimentos mundiais para que possamos estar preparados para o que está por vir, especialmente porque as recentes tentativas de paz no Oriente Médio podem ser um precursor para o cumprimento do período final de sete anos de Daniel.

Este pacto de paz começará na 70ª semana da profecia de Daniel, o período final de sete anos antes do retorno de Yeshua.

Daniel também destaca a metade do pacto de sete anos, este líder vai estabelecer uma abominação no Templo, talvez uma imagem de si mesmo para ser adorado. (O livro de Apocalipse também menciona um período de três anos e meio em Apocalipse 11: 2-3; 12: 6; e 13: 5 ).

Nesta terça feira 15 o acordo do tempo do fim começa a ser montado

Estamos vendo o quebra cabeça escatológico se formando nesta terça feira (15) de Setembro de 2020, com a cerimonia do acordo de paz histórico de Israel e Emirados dos Árabes, e Bahren países que fazem parte da Liga Árabe, fazendo com que a Palestina em fim entre em acordo com o Israel conforme profetizado pelo profeta Daniel a respeito do tempo do fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *