Grêmio não ‘joga bem’ e perde para a Universidad católica na Libertadores

Compartilhe

Em uma partida com pouquíssima inspiração, o Grêmio foi superado no Chile pela Universidad Católica por 2 a 0, nesta quarta-feira, em duelo válido pela terceira rodada do grupo E da Conmebol Libertadores.

A equipe de Renato Gaúcho pouco conseguiu produzir na partida, passando o primeiro tempo inteiro sem chutar uma bola no gol sequer.

Como se não bastasse, Pedro Geromel deixou a partida aos 41 minutos de jogo machucado. Imediatamente, a Católica fez os seus dois gols em falhas defensivas tricolores, aos 43 e aos 45 minutos com Zampedri e Pinares.

As falhas defensivas continuaram na etapa final, e o time mandante poderia até ter ampliado o placar. Como se não bastasse, aos 40 do segundo tempo, David Braz foi expulso após um erro na saída de bola que o fez cometer uma falta no rival que sairia na cara de Vanderlei.

O resultado deixa o Grêmio em segundo na chave com 4 pontos, atrás do líder do grupo E, o Internacional. A Católica fica empatada com o América de Cali com 3 pontos cada.

Este resultado também mantém o Grêmio em má fase na temporada. Nos últimos seis jogos, são três derrotas, dois empates e apenas uma vitória.

Primeiro tempo trágico do Grêmio

O time de Renato Gaúcho simplesmente não jogou no primeiro tempo, sequer conseguindo um chute a gol nos 45 minutos iniciais.

A situação ficou ruim quando, aos 41 minutos, ainda com o 0 a 0, Geromel teve que ser substituído por conta de uma aparente lesão.

Dois minutos depois do capitão sair, a Católica abriu o placar em uma falha da zaga do Grêmio, que deixou Zampedri sozinho na área para receber e fuzilar o gol de Vanderlei.

E na sequência veio o segundo gol, novamente num erro da defesa, que deixou Pinares na cara de Vanderlei. Ele chapelou o goleiro e tocou para o fundo das redes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *