Autoridades prendem mulher suspeita de enviar carta a Trump contendo veneno

Compartilhe

Autoridades prendem mulher suspeita de enviar carta a Trump contendo veneno

Autoridades americanas teriam prendido uma mulher suspeita de enviar uma carta contendo a substância venenosa ricina à Casa Branca, dirigida aPresidente Trump, de acordo com um oficial de aplicação da lei dos EUA.

O oficial disse à CNN que a mulher não identificada, que portava uma arma de fogo no momento de sua prisão, foi detida pelas autoridades na fronteira dos Estados Unidos com o Canadá enquanto tentava entrar nos Estados Unidos

Funcionários do FBI não retornaram imediatamente um pedido de comentário de The Hill. A agência disse um dia antes que não acreditava que uma ameaça à segurança pública estivesse em andamento. Funcionários do serviço secreto também não confirmaram imediatamente a prisão da mulher

[O] FBI e nossos parceiros do Serviço Secreto dos EUA e do Serviço de Inspeção Postal dos EUA estão investigando uma carta suspeita recebida em uma instalação de correio do governo dos EUA. No momento, não há nenhuma ameaça conhecida à segurança pública”, disse o FBI.

As autoridades canadenses acrescentaram no sábado que estavam ajudando na investigação dos EUA, embora nenhuma outra informação sobre um suspeito estivesse disponível.

“Estamos cientes dos relatos preocupantes de pacotes contendo ricina direcionados a sites do governo federal dos EUA”, disse à CNN uma porta-voz do Ministro de Segurança Pública do Canadá, Bill Blair. “A polícia canadense está trabalhando em estreita colaboração com suas contrapartes americanas. Como esta é uma investigação ativa, não podemos comentar mais.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *