Primeiro Ministro da Armênia: ‘estamos à beira de uma guerra em grande escala que pode ter consequências imprevisíveis’

Compartilhe

O primeiro-ministro da Armênia, Nikol Pashinyan, disse que o arquiinimigo do Azerbaijão declarou guerra ao seu povo.

O “regime autoritário do Azerbaijão declarou mais uma vez guerra ao povo armênio”, disse Pashinyan em um comunicado televisionado, acrescentando: “estamos à beira de uma guerra em grande escala no sul do Cáucaso, que pode ter consequências imprevisíveis”.

 PM da Armênia alerta contra qualquer envolvimento da Turquia

Pashinyan, apelou à comunidade internacional para garantir que a Turquia não se envolva no conflito da Armênia com o Azerbaijão.

A Turquia, um aliado azeri, já havia criticado duramente a Armênia depois que os confrontos entre as forças armênias e azeris estouraram pela manhã, dizendo que Yerevan era um obstáculo para a paz e prometendo continuar seu apoio a Baku.

Pashinyan disse que o comportamento da Turquia pode ter consequências destrutivas para o sul do Cáucaso e regiões vizinhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *