Bolsonaro: mercado vai mal se país for mal inclusive o mercado financeiro

Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que, se o Brasil for mal, “todo mundo vai mal”, inclusive o mercado financeiro. A declaração se dá em meio a tentativas do governo federal de criar um programa social que substitua o Bolsa Família com a marca de sua gestão. O anúncio ontem de se propor o uso de parte dos recursos do novo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e de precatórios para bancar o programa foi mal recebido por investidores. Para os operadores em bolsa, a percepção é de que o governo vai criar gastos sem indicar cortes, além de não ter apresentado uma proposta de reforma tributaria.

Ao sair do Palácio da Alvorada hoje de manhã, Bolsonaro disse a apoiadores que “se começar a dar problema, todos sofrem” e o “pessoal do mercado não vai ter também renda”. As falas do presidente foram divulgadas pelo canal Foco do Brasil, no YouTube. “Vocês vivem disso, de aplicação. E nós queremos obviamente estar de bem com todo mundo. Mas eu peço, por favor, ajudem com sugestões, não com críticas. Quando tiver que criticar alguém, não é o presidente. É quem destruiu o emprego de mais de 20 milhões de pessoas”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *