Primeiro caso de Covid-19 detectado em animal selvagem

Compartilhe

O primeiro caso conhecido de coronavírus em um animal selvagem foi relatado, levando a pedidos de monitoramento generalizado da vida selvagem.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) disse que um mink selvagem deu positivo em uma fazenda de mink infectada em Utah.

Surtos de coronavírus em fazendas de peles nos Estados Unidos e na Europa mataram milhares de animais.

Como consequência, milhões de visons cultivados tiveram de ser abatidos em toda a Europa.

O USDA disse ter encontrado um caso positivo em “martas selvagens em liberdade” em Utah, como parte da vigilância da vida selvagem em fazendas infectadas.

Vários animais de diferentes espécies de vida selvagem foram amostrados e todos tiveram resultados negativos, acrescentou a agência.

Ela disse que notificou a Organização Mundial de Saúde Animal, mas não há evidências de que o vírus tenha se espalhado em populações selvagens em torno de fazendas de visons infectados.

“Até onde sabemos, este é o primeiro animal selvagem nativo de vida livre confirmado com Sars-CoV-2”, disse o USDA em um alerta à Sociedade Internacional de Doenças Infecciosas .

A descoberta levanta preocupações de que a infecção possa se espalhar entre visons selvagens, disse o Dr. Dan Horton, um especialista veterinário da Universidade de Surrey, no Reino Unido.

O caso “reforça a necessidade de fiscalizar a vida selvagem e permanecer vigilante”, acrescentou.

Os visons são conhecidos por escapar das fazendas de visons e se estabelecerem na natureza. No Reino Unido, acredita-se que exista uma população de visons que escapou de fazendas de peles há muitos anos, mas eles estão esparsamente distribuídos e raramente entram em contato com pessoas, acrescentou o Dr. Horton.

O vírus também foi encontrado em tigres de zoológico, leões e leopardos da neve nos Estados Unidos e em um pequeno número de cães e gatos domésticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *