Deputados de Pernambuco apostam em candidatura avulsa de Marília Arraes

Compartilhe

Na bancada pernambucana, os parlamentares já dão como certa, em conversas reservadas, uma candidatura avulsa da deputada federal Marília Arraes (PT-PE) na eleição da Mesa Diretora da Câmara Federal, prevista para as 19h desta segunda-feira (01).

Por essa tese, ela disputaria o cargo que couber ao PT após formalização dos blocos, mas de forma avulsa. O zum-zum-zum é crescente em torno dessa movimentação desde a última sexta-feira. Em reserva, um parlamentar, à coluna, observa o seguinte: “A rejeição ao PT que derrotou ela na disputa pela Prefeitura do Recife vai elegê-la na disputa da Mesa”. Outro deputado define esse voto hipotecado a Marília como uma reação ao PT.

Em outras palavras, Marília Arraes concorreria, a despeito de o PT lançar uma candidatura oficial, ancorada no bloco de Baleia Rossi (MDB-SP). O emedebista concorre com apoio do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e ainda das Oposições, reunindo 10 partidos em sua órbita. Em paralelo, estariam se preparando para votar em Marília deputados que trabalham para eleger Arthur Lira (PP-AL), candidato favorito do Planalto.

À coluna, Marília nega que vá concorrer. Apesar disso, há desconforto sendo externado, nos bastidores, por integrantes do bloco de apoio a Baleia, que também dizem estar cientes dessa construção em torno de Marília. 

Na semana passada, Marília chegou a se queixar porque Baleia Rossi passou por Pernambuco, onde almoçou com o governador Paulo Câmara no Palácio do Campo das Princesas sem que tenha entrado em contato com ela para comunicar. Marília chegou a relatar ter recebido telefonema do líder da Minoria, José Guimarães (PT-CE), perguntando porque ela não teria comparecido. Depois disso, a petista se encontrou com Baleia em Brasília, em uma das reuniões na casa de Rodrigo Maia, para contagem de votos. O PT apoia a candidatura de Baleia Rossi. Mas deputados da bancada federal de Pernambuco garantem que Marília pode ser eleita com voto de membros da ala de Arthur Lira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *