Doria bate boca com Constantino: ”Vassalo do Bolsonaro”

Compartilhe

Nesta terça-feira (02/02) o governador de São Paulo (PSDB), João Doria, e o comentarista político Rodrigo Constantino se envolveram em um bate boca. Ao vivo, eles trocaram acusações durante Jornal da Manhã, da Jovem Pan.

É possível notar a irritação no timbre das vozes dos dois protagonistas da discussão, que começou com Doria.

Em direito de resposta solicitado por Doria, o governador começou com críticas contra o comentarista político. Doria iniciou lembrando a fala de Constantino sobre estupro, que gerou  polêmica e provocou a demissão do funcionário da rádio em novembro de 2020,  o chamou de “vassalo do Bolsonaro”.

No jornal apresentado por Thiago Uberreich, Doria foi convidado para se defender das críticas de Constantino a respeito da fase vermelha do Plano São Paulo, em que proíbe o funcionamento de serviços não essenciais para tentar conter a proliferação da pandemia do coronavírus no estado.

“Muito obrigado, Thiago Uberreich e direção da Jovem Pan. Por dever de justiça, o mesmo tempo que Rodrigo Constantino nos fez críticas, nós usaremos para fazer a defesa, a defesa da vida, da ciência. E contrariar Rodrigo Constantino, um negacionista, ideólogo do [Jair] Bolsonaro, defensor de um governo homicida, como é o governo Bolsonaro”, disse Doria.

Estupro

”Aliás, o mesmo Rodrigo Constantino que defendeu um estupro nas redes sociais, foi demitido da Jovem Pan e lamentavelmente voltou. Rodrigo Constantino, São Paulo defende a ciência, a saúde e a vida. Coisa que você e Jair Bolsonaro nunca fizeram, ao contrário, você e Bolsonaro sempre disseram que era uma gripezinha, um resfriadinho”, alfinetou Doria.

”Hoje, o Brasil contabiliza mais de 225 mil mortos por uma pandemia que poderia ter tido seu efeito minimizado, se não tivéssemos um governo negacionista e jornalistas, aliás, pseudo-jornalistas como você, defendendo terraplanismo e a ideologia ao invés de defender o povo e a vida das pessoas”, continuou o governador.

“Foi aqui em São Paulo, Rodrigo Constantino, que viabilizamos a vacina. Aquela que você em várias vezes em comentários na Jovem Pan, você e Jair Bolsonaro desqualificaram, chamaram de ‘vacina da China’, ‘vachina’, ‘vacina do Doriamas, mas é esta vacina, Rodrigo Constantino, que foi aprovada e qualificada pela Anvisa como uma vacina segura e eficaz”, destacou o governador.

Em seguida, Doria agradeceu novamente o âncora e a Jovem Pan pelo espaço, mas avisou que gostaria de outro tempo de resposta caso houvesse uma tréplica de Constantino. Como o comentarista já estava no ar, ele começou a responder o governador.

Fica aí

“Pode ficar no ar para escutar, governador. Eu entendo que você tenha ficado tão emotivo assim, porque eu apresentei fatos. E você vem de novo com essa tentativa de monopolizar as virtudes, a ciência e me atacar”, começou Constantino.

A  partir daí, aos 4 minutos e 05 segundos  do vídeo abaixo, Constantino e Doria começaram a bater boca, com interrupções constantes entre ambos.

Constantino foi chamado de além de ‘vassalo de Bolsonaro”, ‘extremista, ‘de extrema direita, com colocações absurdas, que contrariam a ciência’. “Você desrespeita a vida, quando defendeu  um estupro”, disparou Doria. Nessa última acusação, Constantino  rebateu: “Meus advogados estão adorando isso’, antes, ele comunicou ao governador que irá acioná-lo na Justiça.

Entre outros xingamentos, Constantino  chama Dora de  ‘governador decadente’, que estaria ‘surtando’ ao fazer acusações de que o comentarista seria terraplanista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *