Confira o primeiro close de Marte do orbitador Hope dos Emirados Árabes Unidos

Compartilhe

Apenas um dia depois de chegar à órbita de Marte, a primeira espaçonave interplanetária dos Emirados Árabes Unidos (EAU), Hope, capturou uma fotografia impressionante do Planeta Vermelho.

A nova foto, que é a primeira desde a chegada de Hope à órbita de Marte em 9 de fevereiro, mostra um punhado de nuvens, quatro enormes montanhas marcianas e o vasto Valles Marineris – o maior desfiladeiro do sistema solar – no lado direito da imagem

.

A primeira foto de Marte da nave espacial Hope dos Emirados Árabes Unidos, tirada em 10 de fevereiro de 2021. (Crédito da imagem: MBRSC / UAE Space Agency / CU-LASP / EMM-EXI)

“Não poderíamos ter pedido um dia melhor em Marte!” A presidente da Agência Espacial dos Emirados Árabes Unidos, Sarah Al Amiri, escreveu em um tweet no domingo (14 de fevereiro). “Mal posso esperar para ver os dados científicos chegarem para que possamos caracterizar de forma abrangente a baixa atmosfera!”

A espaçonave Hope foi lançada em julho de 2020, destinada a estudar o clima e a atmosfera do Planeta Vermelho. Hope executou com sucesso uma perigosa queima do propulsor de 27 minutos em 9 de fevereiro para entrar em órbita ao redor de Marte, tornando os Emirados Árabes Unidos a quinta entidade a visitar o Planeta Vermelho. (A China se tornou a sexta no dia seguinte com sua missão Tianwen-1 .)

A bordo estão três instrumentos diferentes, um dos quais é uma câmera batizada de Emirates Exploration Imager (EXI). Foi o EXI que tirou a nova fotografia, em 10 de fevereiro às 3:36 pm EST (2036 GMT). Na época, a espaçonave estava a cerca de 15.300 milhas (24.700 quilômetros) acima da superfície do planeta.

Mais fáceis de detectar na nova imagem são o trio de montanhas marchando ao longo da imagem: de cima para baixo, Ascraeus Mons, Pavonis Mons e Arsia Mons. Mais difícil de identificar é o gigantesco Olympus Mons, a maior montanha do sistema solar, visto ao nascer do sol ao longo da linha onde a noite e o dia se encontram. À direita da linha de picos está o vasto sistema de cânions Valles Marineris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *