PIB da China sobe 18,3% no primeiro trimestre do ano, o maior aumento em 29 anos

Compartilhe

Este é o aumento mais forte desde pelo menos 1992, quando os registros trimestrais oficiais começaram, embora os resultados sejam distorcidos pelo declínio na atividade registrado um ano antes devido ao coronavírus.

O Produto Interno Bruto (PIB) da China disparou 18,3% no primeiro trimestre em relação ao ano anterior, impulsionado pelo aumento da demanda e apoio do governo às pequenas empresas, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país asiático .

Este é o aumento mais forte desde pelo menos 1992, quando os registros trimestrais oficiais começaram, embora os resultados sejam distorcidos pelo declínio na atividade  registrado um ano antes devido ao coronavírus. A economia do gigante asiático contraiu 6,8% no primeiro trimestre de 2020, marcando seu pior desempenho desde pelo menos meados da década de 1960.

Na base trimestral, o crescimento entre janeiro e março deste ano foi de apenas 0,6% em relação ao quarto trimestre de 2020, quando a recuperação já era observada.   

Os gastos do varejo aumentaram 33,9% no primeiro trimestre em relação ao ano anterior, enquanto a produção industrial cresceu 24,5% e os investimentos em imóveis, fábricas e outros ativos fixos aumentaram 25,6%.

“Um bom impulso de crescimento”

Desta forma, a economia apresentou “um desempenho estável com uma base consolidada e um bom ímpeto de crescimento”, afirma o Instituto Nacional de Estatísticas em relatório.

Apesar deste “ímpeto contínuo de recuperação estável”, a organização lembra que a pandemia “continua a alastrar-se por todo o mundo” e que o panorama internacional é complicado “com grandes incertezas e instabilidades “. As bases da recuperação econômica da China “ainda não foram consolidadas”, enquanto “problemas estruturais persistentes permanecem proeminentes com novas situações e problemas emergentes do desenvolvimento”, adverte o relatório.   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *