Facebook permite que pessoas famosas postem conteúdo que viola as regras da rede social, diz relatório

Compartilhe

O programa, denominado ‘XCheck’, foi instituído inicialmente como uma medida para controlar as ações realizadas contra o perfil de pessoas reconhecidas, incluindo políticos e jornalistas.

Documentos internos do Facebook, recentemente acessados ​​pelo  The Wall Street Journal , revelam que foi desenvolvido um programa que permite que pessoas famosas violem certas regras da rede social que supostamente se aplicam a todos os usuários da plataforma.

O programa, denominado ‘XCheck’, foi estabelecido inicialmente como uma medida de controle das ações tomadas contra os perfis de pessoas reconhecidas, incluindo políticos e jornalistas. Porém, agora o sistema praticamente permite que os usuários VIP postem material que viole as regras das redes sociais, já que alguns deles estão na chamada “lista branca” e são imunes a medidas restritivas. 

Em particular, em 2019, o atleta brasileiro Neymar publicou as fotos da mulher nua que o acusou de estupro que foram vistas por milhões de pessoas antes que o Facebook as removesse. Além disso, de acordo com o texto, diversos internautas VIPs divulgaram informações, que são consideradas falsas pelos verificadores das redes sociais, como, por exemplo, o suposto fato de vacinas serem letais ou que o ex-presidente norte-americano Donald Trump havia descrito como “animais” refugiados em busca asilo.

Os materiais obtidos pelo The Wall Street Journal mostram que o Facebook está ciente das falhas da plataforma, mas não indica as medidas que podem ser tomadas para corrigi-las. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *