Europa pode ver 2 milhões de mortes de Covid-19 em março de 2022, alerta OMS

Compartilhe

Mais de 2 milhões de pessoas podem morrer de Covid-19 na Europa neste inverno, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou em sua última previsão, acrescentando que a maioria dos sistemas de saúde dos países podem ser sobrecarregados.

Cerca de metade das 53 nações que compõem a Região Europeia da OMS podem enfrentar um período de “estresse alto ou extremo” quando se trata de leitos hospitalares neste inverno, disse o órgão de vigilância da saúde da ONU na terça-feira. A agência acrescentou que, com exceção de quatro delas, as unidades de terapia intensiva provavelmente também passarão por um período de “alto ou extremo estresse” .

O organismo internacional atribuiu a situação à prevalência da cepa Delta, altamente transmissível, que permanece dominante na região. Outras razões incluíram um grande número de pessoas não vacinadas, níveis reduzidos de proteção induzida pela vacina contra a doença e a flexibilização das restrições da Covid-19 pelos governos antes do inverno.

“Para viver com esse vírus e continuar nossa vida diária, precisamos adotar uma abordagem de ‘vacina plus’. Isso significa receber as doses padrão da vacina, tomar um reforço, se oferecido, bem como incorporar medidas preventivas em nossas rotinas normais ”, disse o Dr. Hans Henri Kluge, diretor regional da OMS para a Europa.

Ele também incentivou as pessoas a seguirem medidas de proteção pessoal, como usar máscaras e evitar espaços lotados e confinados.

A OMS disse que “os países também deveriam considerar dar uma dose de reforço aos maiores de 60 anos e aos profissionais de saúde, como medida de precaução”.

“Hoje, a situação da Covid-19 na Europa e na Ásia Central é muito séria. Enfrentamos um inverno desafiador pela frente ”, disse Kluge, conclamando as autoridades nacionais de saúde e também os indivíduos a “ tomarem medidas decisivas para estabilizar a pandemia ”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *