China denuncia “numerosas provocações” dos EUA no Estreito de Taiwan e no Mar da China

Compartilhe

As Forças Armadas dos EUA realizaram “inúmeras provocações” no Estreito de Taiwan e no Mar da China Meridional, disse o porta-voz do Ministério da Defesa Nacional chinês Wu Qian, acrescentando que Pequim não fará qualquer concessão sobre a questão de Taiwan , relata o TASS.

“Há algum tempo, os Estados Unidos fazem uma série de declarações irresponsáveis sobre Taiwan, o Mar da China Meridional e os voos de reconhecimento da aviação naval . Lançaram inúmeras provocações, por isso é natural que a China expresse perseverança e luta. Com determinação contra isso “, disse o porta-voz.

“Temos afirmado repetidamente que os princípios para o desenvolvimento das relações entre as forças armadas de ambos os países se baseiam em evitar qualquer ameaça à soberania da República Popular da China, sua dignidade e seus interesses fundamentais . Tudo para Taiwan, a China não permitir qualquer espaço para concessões, e o lado dos EUA não deve ter ilusões sobre isso.

O destróier de mísseis guiados classe Arleigh Burke USS Milius navegou pelo Estreito de Taiwan na terça-feira . A Sétima Frota da Marinha dos EUA alegou que o navio de guerra fez um “trânsito de rotina” de acordo com o direito internacional, enquanto Pequim chamou a medida de “provocação” e pediu a Washington que pare de “brincar com fogo” e “desempenhe um papel construtivo na garantia da paz na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *