A Bélgica torna-se o primeiro país a introduzir a quarentena obrigatória para a varíola dos macacos

Compartilhe

A Bélgica se tornou o primeiro país do mundo a estabelecer uma quarentena obrigatória para pessoas com varicela.

O vírus varreu a Europa na última quinzena, com 20 casos confirmados no Reino Unido e nove outros países com surtos confirmados. Conforme publicado pela Mirror

As autoridades belgas anunciaram que aqueles com o vírus, que tem muitas características da varíola, terão que se isolar por 21 dias.

Esta medida surge após reuniões realizadas entre o Grupo de Avaliação de Riscos do país e as autoridades de saúde.

Até agora, o país anunciou quatro casos de varíola, pelo menos três deles ligados a um festival de fetiche gay em Antuérpia chamado Darklands.

Os organizadores do festival disseram em um comunicado: “Há razões para supor que o vírus foi trazido por visitantes do exterior para o festival após casos recentes em outros países”.

Monkeypox está se espalhando através da transmissão comunitária no Reino Unido, com mais casos sendo detectados todos os dias, alertou um médico sênior.

A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA) confirmou 20 casos da doença no Reino Unido e nove outros países fora da África Central e Ocidental também relataram surtos.

A doença, que foi encontrada pela primeira vez em macacos, pode ser transmitida de pessoa para pessoa por meio de contato físico próximo – incluindo relações sexuais – e é causada pelo vírus da varíola dos macacos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.