Adolescente lutando por sua vida após infecção por ameba comedora de cérebro nos EUA

Compartilhe

Um menino americano de 13 anos foi hospitalizado e está lutando por sua vida depois de contrair a rara infecção cerebral causada pela ameba Naegleria fowleri no início deste mês enquanto tomava banho em uma praia em Port Charlotte, Flórida.

Caleb Ziegelbauer e sua família visitaram aquela cidade litorânea em 1º de julho e uma semana depois o menor teve que ser levado para um hospital porque estava com febre, dor de cabeça e desorientação. Os médicos o diagnosticaram com meningoencefalite amebiana primária e ele foi internado em uma unidade de terapia intensiva pediátrica, diz sua tia, Katie Chiet, que criou uma página na plataforma de financiamento coletivo GoFundMe para arrecadar dinheiro para seu tratamento.

Desde 10 de julho, o menino é tratado sob os protocolos dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC). Por um período, Caleb  permaneceu entubado e sedado  e depois “respirou sozinho por quase uma semana inteira”. No entanto, Chiet disse no domingo que eles planejavam reintubar ele para tirar um pouco da pressão de sua respiração e estimular a recuperação de seu cérebro, que continua danificado e causou convulsões .

Segundo o CDC , a doença causada pela ‘Naegleria fowleri’, popularmente conhecida como ‘ameba comedora de cérebros’, é fatal na maioria dos casos. Nos EUA, entre 1962 e 2021, apenas quatro dos 154 pacientes sobreviveram à rara infecção; Isso se deve em parte à semelhança de seus sintomas com os da meningite bacteriana, o que reduz a possibilidade de um diagnóstico oportuno. “Muitas vezes as pessoas não chegam ao hospital rápido o suficiente. Esperamos que tenhamos conseguido desta vez”, disse a tia de Caleb , observando que toda a família espera que o menino se torne um novo sobrevivente.

A meningoencefalite amebiana primária geralmente   ocorre quando a ameba entra no corpo pelo nariz quando as pessoas nadam ou mergulham em água doce quente, como lagos e rios. Uma vez alojado no cérebro, o microrganismo começa a destruir o tecido cerebral , produzindo torcicolo, convulsões e coma, causando até a morte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.