Alckmin está ajudando Lula a voltar à cena do crime’, diz Bolsonaro

Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confessou que pretende se dedicar à reeleição neste ano em detrimento de alavancar aliados nos Estados. Em entrevista a um canal de TV na Bahia, o chefe do Executivo também atacou o ex-presidente Lula e o ex-governador Geraldo Alckmin, que formarão chapa para disputar a Presidência, e reiterou suas críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF). “Alckmin está ajudando Lula a voltar à cena do crime”, afirmou.

A declaração sobre a campanha foi dada ao comentar a situação eleitoral em Estados em que terá mais de um palanque. “O Rio Grande do Sul tem outro bom candidato que é o Luiz Carlos Heinze. Tem estado, como Santa Catarina, que tem três candidatos simpáticos a mim. O que eu pretendo fazer nesses estados? Ser neutro”, declarou o presidente. “Eu vou me dedicar à minha possível reeleição”, disse à TV Aratu, da Bahia. No Rio Grande do Sul, o candidato “oficial” ao governo é o ex-ministro do Trabalho e Previdência Onyx Lorenzoni, considerado um aliado de primeira hora de Bolsonaro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.