Área vulcânica na fronteira entre Colômbia e Equador, é sacudida por 1200 Terremotos em menos de 24 horas

Compartilhe

Eles registram 1.200 terremotos na área vulcânica na fronteira entre Equador e Colômbia, neste sábado, 30 de julho de 2022, informa o Instituto Geofísico.

Pelo menos 1.200 terremotos leves ocorreram em menos de 24 horas na região do complexo vulcânico que compartilha Carchi e Nariño.

Um relatório do Instituto Geofísico diz que os 1.200 terremotos leves que são de natureza vulcano-tectônica ocorreram na área do complexo vulcânico Chiles-Cerro Negro no sábado, 30 de julho de 2022

O último estudo do IG especifica que a atividade superficial no vulcão Chiles é “muito baixa” e com inclinação “ascendente”, enquanto a interna é “moderada”, mas também em ascensão.

Na última terça-feira, o geofísico alertou para um aumento da atividade do complexo vulcânico e pediu às autoridades do Equador e da Colômbia que considerassem uma simulação de evacuação conjunta como uma “medida de preparação”.

Segundo o IG, um fenómeno de inflação no maciço mais uma falha considerada “sismogénica” na zona, para além de outras condições, poderá funcionar como “mecanismo de gatilho” para o forte sismo de magnitude 5,7 na passada segunda-feira .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.