Asteroide “potencialmente perigoso” passa próximo da terra nesta sexta

Compartilhe

Os astrônomos confirmaram que um asteroide “potencialmente perigoso” deve atingir sua posição mais próxima da Terra nesta sexta-feira, 1º de abril.

O asteróide da classe Apollo 2007 FF1 chegará tão “perto” do nosso planeta a 7,4 milhões de km  e a uma velocidade de 12.832 km/s. No entanto, apesar da proximidade no espaço, que pode causar alguma apreensão, não há risco de colisão.

O corpo celeste, classificado como “potencialmente perigoso” devido à sua órbita relativamente próxima da Terra, tem entre 110 e 260 metros de diâmetro  e completa sua revolução em torno do Sol a cada 684 dias.

De acordo com as previsões, atingirá sua maior aproximação do nosso planeta às 21h35 GMT , quando estará a cerca de 7,4 milhões de quilômetros de distância, o equivalente a cerca de 19 vezes a distância da Lua.

Em 24 de março, o Projeto Telescópio Virtual capturou uma foto borrada do asteroide enquanto ele se aproximava de nós, a cerca de 11,6 milhões de quilômetros de distância. No instantâneo, a rocha espacial aparece como um pequeno ponto branco contra um fundo de estrelas.

Após essa aproximação, o próximo sobrevoo mais próximo da Terra ocorrerá em 2 de abril de 2037 , quando chegará a uma distância mínima de cerca de 7,9 milhões de km.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.