Ataques aéreos russos e intensos combates continuam em Mariupol, diz Reino Unido

Compartilhe

O Ministério da Defesa britânico diz que a situação humanitária em Mariupol está piorando devido aos contínuos ataques aéreos russos e intensos combates.

“A maioria dos 160.000 residentes restantes não tem luz, comunicação, remédios, calor ou água”, disse o ministério em sua última atualização de inteligência.

“As forças russas impediram o acesso humanitário, provavelmente pressionando os defensores a se renderem”, acrescentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.