Biden e Bolsonaro realizam 1ª reunião em meio a preocupações com eleições

Compartilhe

No âmbito da IX Cúpula das Américas, que acontece em Los Angeles (EUA), o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, teve nesta quinta-feira seu primeiro encontro com seu homólogo americano, Joe Biden, depois de ter mantido uma relação fria marcada por a proximidade da extrema-direita sul-americana com Donald Trump.

Durante a parte pública do encontro bilateral, Biden argumentou que o Brasil é uma “democracia vibrante e inclusiva” com “instituições eleitorais fortes ” .Por sua vez, o presidente Bolsonaro que questionou a confiabilidade do sistema eleitoral do Brasil, afirmou que “queremos ter eleições honestas, limpas, transparentes, auditáveis, confiáveis “, para que não haja “sombra de qualquer dúvida “.

Biden também afirmou que conversaria com Bolsonaro sobre questões climáticas e ambientais, com foco na Amazônia. “Você tenta proteger a Amazônia e eu acho que o resto do mundo deveria ser capaz de ajudá-los a preservar o máximo que puderem”, disse o presidente dos EUA.

Enquanto isso, Bolsonaro assegurou que o Brasil está “disposto a cooperar para encontrar uma saída” do conflito entre Rússia e Ucrânia. Sublinhou, no entanto, que dada a “dependência” do seu país de agentes externos, tem de ser “cauteloso” , já que “as consequências económicas da pandemia, com a política errada de ‘ficar em casa, vemos a economia depois ‘, agravados por uma guerra a 10.000 quilômetros do Brasil, são prejudiciais a todos nós, e lá no Brasil, principalmente aos mais humildes”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.