Biden provavelmente infectado pela subvariante BA.5 altamente contagiosa, diz Casa Branca

Compartilhe

O presidente dos EUA, Joe Biden, provavelmente contraiu a nova subvariante BA.5 do ômicron, que responde pela maioria dos casos no país, disse a Casa Branca no sábado.

Atualmente o presidente, que testou positivo para covid-19 na última quinta-feira, continua apresentando sintomas leves como tosse, irritação na garganta, congestão nasal, além de dores no corpo, disse seu médico, Kevin O’Connor. “Sua saturação de oxigênio ainda é excelente . Seus pulmões ainda estão limpos”, disse ele.

Biden continua o tratamento com Paxlovid, um medicamento antiviral produzido pela Pfizer, toma Tylenol e continua a reidratação oral. Além disso, ele usa um inalador de albuterol para acalmar a tosse, detalha o comunicado. “O presidente está respondendo ao tratamento como esperado “, disse O’Connor.

Desde que foi diagnosticado com o vírus, o chefe de Estado permaneceu isolado na residência presidencial, de onde continua a exercer todas as suas funções.

O presidente está totalmente vacinado contra o coronavírus e tem as duas doses de reforço.

  • A subvariante BA.5 de omicron, detectada pela primeira vez na África do Sul em fevereiro deste ano, provocou um aumento nos casos nos EUA e agora é responsável por 75-80% de todas as infecções no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.