Bolsonaro diz que Petrobras pode mergulhar o Brasil no caos

Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a Petrobras “pode mergulhar o Brasil num caos” em caso de novo aumento nos preços dos combustíveis. A declaração foi dada pelas redes sociais na manhã desta sexta-feira (17), data em que o reajuste deve ser anunciado pela estatal, após aprovação da medida pelo Conselho de Administração da petrolífera.

“A Petrobras pode mergulhar o Brasil num caos. Seus presidente, diretores e conselheiros bem sabem do que aconteceu com a greve dos caminhoneiros em 2018 e as consequências nefastas para a economia do Brasil e a vida do nosso povo”, disse Bolsonaro.

O presidente declarou que o governo federal é contra o reajuste, mencionando que a União é acionista da empresa. “Não só pelo exagerado lucro da Petrobras em plena crise mundial, bem como pelo interesse público previsto na Lei das Estatais.”

O aumento no preço da gasolina e do diesel deve ser anunciado nesta sexta. A decisão foi aprovada pelo conselho da estatal em uma reunião extraordinária realizada em pleno feriado, na tarde da quinta-feira (16).

Com o encontro o presidente do conselho, Márcio Weber, pretendia fazer a petrolífera segurar por mais algum tempo o reajuste dos combustíveis, como foi solicitado por Bolsonaro, mas a diretoria decidiu manter o que já estava planejado. Os novos preços devem entrar em vigor na próxima semana.

A medida atende a uma demanda do mercado, por uma defasagem de 15% a 20% nos preços desses dois produtos nas refinarias da Petrobras. O diesel está há mais de 30 dias sem reajuste, e a gasolina não tem aumento há três meses. A pressão era para que se alinhassem os valores desses combustíveis aos preços internacionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.