Brasil investiga primeira morte suspeita por varíola dos macacos

Compartilhe

O Governo do Estado de Minas Gerais investiga a morte de um homem, que pode ser a primeira vítima de monkeypox, a varíola do macaco, em Uberlândia, cidade a 543 km de Belo Horizonte.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, o paciente, que tinha 41 anos, era morador do município e trabalhava em Araguari.

Esse é o primeiro caso em investigação da doença em Minas Gerais. A morte do paciente aconteceu neste sábado (11). Ele estava internado no hospital particular Uberlândia Medical Center.

Amostras laboratoriais foram colhidas do paciente e encaminhadas para a Fundação Ezequiel Dias. O Ministério da Saúde já foi notificado. Ainda segundo administração municipal, nenhuma outra pessoa que teve contato com o paciente apresentou sintomas da doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.