Calor extremo na Índia deixa pelo menos 25 mortos

Compartilhe

O estado de Maharashtra, no oeste da Índia, registrou 25 mortes por insolação desde o final de março, o número mais alto em cinco anos, com mais mortes provavelmente em outros lugares em um país sufocado por temperaturas superiores a 40 graus centígrados.

Os cientistas associaram o início precoce de um verão quente às mudanças climáticas, alegando que mais de um bilhão de pessoas na Índia e no vizinho Paquistão eram de alguma forma vulneráveis ​​ao calor extremo.

Com chuvas refrescantes de monção esperadas para o próximo mês e cortes de energia mais frequentes em partes da Índia, mesmo as famílias que podem pagar por ar condicionado terão pouco descanso nas próximas semanas.

Muitas das mortes em Maharashtra ocorreram nas áreas mais rurais do estado mais rico da Índia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.