Chefe da OTAN alerta Putin em caso de um ataque contra um país da aliança militar

Compartilhe

A Rússia não deve ganhar a guerra na Ucrânia, disse o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg.

“É do nosso interesse que esse tipo de política agressiva não tenha sucesso”, disse Stoltenberg em um discurso em sua terra natal, a Noruega.

“Se o presidente Putin pensar em fazer algo semelhante a um país da OTAN como fez com a Geórgia, Moldávia ou Ucrânia, toda a OTAN estará envolvida imediatamente”, continuou ele.

Para impedir o sucesso de Moscou, a Otan e seus países membros podem ter que continuar apoiando a Ucrânia com armas e outras assistências por muito tempo, acrescentou Stoltenberg.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.