Chefes militares do Reino Unido pedem ‘mobilização’ do Exército por ameaça da Rússia

Compartilhe

O secretário de Defesa Ben Wallace e Patrick Sanders, general e oficial mais graduado do exército, alertaram que as forças armadas do Reino Unido devem se “mobilizar” em resposta à ameaça representada pela Rússia, com o novo chefe do exército invocando a luta dos Aliados contra a Alemanha nazista.

Wallace, que está no cargo há três anos, também sugeriu que o governo precisará aumentar ainda mais os gastos com defesa para enfrentar a ameaça crescente.

“Existe um perigo muito real de que a Rússia ataque a Europa em geral, e que nestes dias de mísseis de longo alcance e furtividade, a distância não é proteção”, disse ele a uma audiência no centro de estudos militar Royal United Services Institute.

“O investimento precisa continuar crescendo. Antes que seja tarde demais para enfrentar a ameaça ressurgente e as lições aprendidas na Ucrânia, é hora de mobilizar, estar pronto e ser relevante.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.