China apresenta seu poderoso foguete de combustível sólido; veja vídeos

Compartilhe

A China lançou seu novo modelo de foguete transportador, o Lijian-1 (ZK-1A), na quarta-feira, colocando com sucesso os  seis satélites científicos experimentais que o poderoso veículo carregava a bordo em uma órbita predefinida,  informou o China Daily .

De acordo com a mídia, a espaçonave decolou às 12h12, horário local (04:12 GMT) do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, localizado no noroeste do país. Os seis dispositivos orbitais lançados  realizarão tarefas focadas na observação da densidade atmosférica e na verificação de tecnologia e experimentos sobre novos avanços espaciais, entre outras atividades. 

A empresa CAS Space, dependente da Academia Chinesa de Ciências, ficou encarregada de projetar e construir o foguete. Lijian-1 tem um comprimento de 30 metros, um diâmetro de 2,65 metros e um peso de decolagem de 135 toneladas, dando-lhe a  capacidade de enviar satélites com um peso combinado de  1,5 toneladas em órbita heliocêntrica localizada a cerca de 500 quilômetros acima da Terra.

Devido à sua grande capacidade de carga útil, alta precisão orbital, design confiável e alta eficiência, o Lijian-1 é um dos melhores foguetes de combustível sólido do mundo, disse a empresa por trás de sua criação.

China já tem foguete próprio para realizar lançamentos de satélites

Após seu lançamento bem-sucedido, o Lijian-1 tornou-se o maior e mais poderoso foguete de combustível sólido  do país asiático, substituindo o Long-March 11, construído pela China Aerospace Science and Technology Corporation, que tem comprimento de 20,8 metros, diâmetro de 2 metros e um peso de decolagem de 58 toneladas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.