China poderia dar uma resposta militar à visita de Nancy Pelosi a Taiwan, diz jornal chinês

Compartilhe

A China poderia fornecer uma resposta militar e estratégica à anunciada viagem a Taiwan da presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, se ela realmente ocorrer, informou o Global Times na terça-feira, citando especialistas. 

Segundo analistas, se o plano de visita à ilha for adiante, seria uma “provocação de nível estratégico”, então a resposta seria definitivamente “não apenas militar, mas também estratégica”, e as consequências seriam difíceis para os EUA 

“A China precisa deixar clara sua determinação e mostrar seus pontos fortes. Deixe o lado americano decidir entre evitar a crise e garantir uma situação relativamente estável, ou tornar o mundo turbulento mais caótico”, escreve o jornal.

O especialista Hu Xijin sugeriu o envio de aeronaves militares para acompanhar o avião de Pelosi quando ele entra em Taiwan e até sobrevoar o aeroporto onde ele pousará. “Quando enviarmos aviões do Exército de Libertação Popular para atravessar a ilha, devemos estar totalmente preparados para um confronto militar total”, enfatizou, acrescentando que a China “não tem intenção de travar uma guerra agora”. 

O Financial Times informou que Pelosi planeja visitar Taiwan em agosto, depois de cancelar uma primeira viagem marcada para abril devido à contração do coronavírus. A visita ainda não foi confirmada oficialmente. 

Esse cenário agudiza as tensões entre os EUA e a China, cujas relações estão em seu pior estado desde que os dois países estabeleceram relações diplomáticas em 1979. Caso se concretize, será a primeira viagem de um alto legislador norte-americano à ilha em 25 anos.

Zhao Lijian, vice-diretor do Departamento de Informação do Ministério das Relações Exteriores da China, alertou que a visita de Pelosi prejudicaria seriamente a soberania e a integridade territorial da China e que os EUA arcariam com as possíveis consequências. Da mesma forma, ele garantiu que Pequim tomará medidas fortes caso o legislador democrata dos EUA viaje para a ilha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.