Cientistas surpresos quando tempestade geomagnética abre ‘rachadura’ na magnetosfera da Terra

Compartilhe

A tempestade obviamente não estava associada a manchas solares ou erupções solares, então foi uma surpresa para os cientistas.)

Cientistas alertaram que a Terra pode ser abalada hoje por uma tempestade solar depois que uma rachadura se abrir na magnetosfera da Terra.

No fim de semana, a Terra foi atingida por uma tempestade geomagnética que chocou os cientistas porque, ao contrário de outras tempestades solares, esta não parecia ser causada por uma erupção solar. Normalmente, essas tempestades são causadas por grandes explosões que ocorrem na superfície do Sol, que são chamadas de erupções solares. Essas explosões são causadas pelo emaranhamento, cruzamento ou rearranjo das linhas do campo magnético da estrela.

Como a tempestade ocorreu no fim de semana, os astrônomos agora acreditam que esse evento ocorreu devido a uma região de interação corrotativa (CIR), que é um fenômeno muito mais raro do que as explosões solares.

Os CIRs são criados quando dois ventos solares viajando em velocidades diferentes se encontram, à medida que os ventos mais rápidos começam a ultrapassar os mais lentos.

Sem uma mancha solar para sinalizar uma ejeção de massa coronal, os cientistas não tinham nenhum sinal de que uma tempestade geomagnética estava a caminho.

Quando atingiu a Terra, a tempestade conseguiu “abrir uma fenda na magnetosfera do nosso planeta”, de acordo com o site de notícias Space Weather.

A tempestade solar veio uma semana depois de uma enorme mancha solar, com mais de duas vezes o tamanho do nosso planeta, apontada para a Terra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.