Coreia do Norte confirma 1º surto de Coronavírus, Kim Jong-un ordena bloqueio

Compartilhe

A Coreia do Norte confirmou o primeiro caso de coronavírus no país, informou a mídia estatal na quinta-feira.

De acordo com a KCNA, as autoridades concluíram que as amostras coletadas no domingo passado de um paciente com febre em Pyongyang correspondiam à variante omicron.

“Em nosso país, que foi protegido por uma frente de emergência antiepidêmica por dois anos e três meses, de fevereiro de 2020 até hoje, surgiu uma situação de emergência”, escreve a agência.

Por sua parte, o líder norte-coreano Kim Jong-un prometeu superar a “crise inesperada” e ordenou um bloqueio nacional para “bloquear completamente a transmissão do vírus maligno”.

Além disso, o Politburo do Partido Trabalhista decretou a aplicação do sistema de controle de vírus de “emergência máxima”. A agência acusou que o “descuido, frouxidão, irresponsabilidade e incompetência” do setor antiepidêmico do país levaram ao surto e que o pessoal de antivírus “não conseguiu responder prontamente ao aumento do risco de infecções”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.